quinta-feira, 23 de setembro de 2010

A Ira

A ira é um dos sete pecados capitais. Diz a sagrada escritura: " Não se ponha o sol sob a vossa ira." Que não venha a nós a morte quando estivermos com a ira. Pois esta envenena nossa alma. A Ira não é uma simples raiva ou irritação da qual nenhum de nós pode escapar. Todos têm raiva quando são contrariados. Mas ira é o ódio ao extremo e a vontade de destruir e aniquilar o objeto de nosso ódio. Se tivéssemos poderes paranormais quando irados, seriamos capazes de incendiar apenas com um olhar tudo a nossa volta. A Escritura também chama de ira o zelo pela lei de Deus, mas alerta para que esta não se torne a ira pecado quando diz na carta de Pedro Apóstolo. "Se vos irardes não pequeis.." O Zelo mostra amor e defesa pelas coisas santas. Foi o que Jesus fez ao expulsar e açoitar com cordas os vendedores do Templo. Ele mostrou zelo em sua atitude tendo em vista corrigir um abuso. A transformação da casa de Deus em um mercado. Mas ira não visa nada, ou melhor, só tem um objetivo. Destruir. Aniquilar. A ira nos tira do equilíbrio emocional, nos faz dizer coisas que não deveríamos, nos obscurece o entendimento vendo os fatos distorcidos. Uma simples palavra de alguém que nos critica perante a ira se torna uma agressão física ou de grande significado moral. A Ira nos faz um grande mal. Salvai-nos Senhor, manso e humilde de coração, da Ira e dai-nos o firme zelo dos vossos santos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário