segunda-feira, 22 de novembro de 2010

NÃO VOS CONFORMEIS COM O MUNDO

O católico fiel à doutrina de Cristo expressa pelas sagradas escrituras e pelo ensino de sempre do Magistério da Igreja não se conforma com o mundo e não vive segundo ele. Pois como diz o Apóstolo São Tiago a amizade como o mundo é inimizade com Deus. (Tg 4,4). O mundo incentiva ao prazer sem amor e responsabilidade. Faz das pessoas instrumentos de prazer. Nestes a imoralidade ou perversão sexual é aceita e até elogiada. Só se torna um escândalo ou crime, no caso de estupro ou pedofília. Mas o adultério, a relação consentida de qualquer forma de sexo entre adultos é vista como normalidade. Isto gera a pornografia, a prostituição e as orgias sexuais. No entanto Deus não no chamou à imoralidade, pois o corpo é para o Senhor e o Senhor é para o corpo.Ts 4,7; 1Cor 6, 15-20 " Não sabeis que vossos corpos são membros de Cristo? E eu tomaria os membros de Cristo e os faria membros de uma prostituta? Nunca! ou ignorais que quem se entrega a uma prostitua se torna um só corpo com ela? Pois foi dito que serão dois em uma só carne. Mas quem se entrega ao Senhor fica um só espírito com ele.FUGI DA IMPUREZA! Todos outro pecado que o homem comete não lhe atinge o corpo; mas quem se entrega à impureza peca contra o próprio corpo. Não sabíeis que os vossos corpos são TEMPLOS DO ESPÍRITO SANTO, que habita em vós e que de Deus recebestes, de modo que não pertenceis a vós mesmos? Fostes comprados por alto preço. Glorificai a Deus no vosso corpo." Para o católico fiel não há precisão do uso do preservativo. Pois este tem obrigação de guardar a castidade conforme o estado. Deve pedir a Deus forças para perseverar na castidade como solteiro ou casado. E se chegar a cair pedir perdão, confessar-se receber a absolvição e orar com mais insistência para que Deus o sustente. Para os que são do mundo não é necessário indicar situações em que o uso dos preservativos se justifica.Até memso porque já há organismos suficientes para dizer a estes profissionais do sexo, aos que possuem uma vida sexual ativa, que o uso do preservativo é fundamental para não contrair doenças. A televisão, os programas de saúde já os indicam. Os que não glorificam a Deus no seu corpo entregando-se à prostituição devem ser convidados com amor a descobrir a dignidade que é própria dos filhos de Deus e chamados à conversão. Mas o católico fiel não é do mundo nem vive segundo o mundo. submete-se unicamente a Cristo o seu Rei que enviou o Espírito Santo e resgatou nosso corpo da corrupção para faze-lo um corpo gloriosos pela ressurreição. Corpo semelhante ao dele. Por isso é desnecessário e até escandaloso indicar situações em que um individuo deva usar preservativos. Os católicos fiéis a Deus já sabem de antemão pela doutrina da Igreja que devem guardar a castidade e não cometer adultério ou relações pré-matrimonias. Os do mundo já tem o que precisam. Inclusive os próprios os preservativos dados de graça pelo governo aos montes. compele ao católico fiel rezar por ele para que se converta e viva.

Nenhum comentário:

Postar um comentário