quarta-feira, 24 de novembro de 2010

QUE TODOS SEJAM UM ( Jo 17,20)

Jesus em sua oração sacerdotal descrita no Evangelho de João roga primeiramente pelos apóstolos e depois pelos os que haveriam de crer nele, pedindo ao pai para que todos fosse um."Já não fico no mundo, eles porém ficam no mundo - porque vou ter contigo ´o Pai . Pai santo, guarda-os em teu nome, o qual me deste, para que sejam um assim como nós." Jo 17,10. " Mas não rogo somente por eles, senão também pelos que por sua palavra chegarem a CRER EM MIM, para que todos sejam um." Jo 17,20. Que unidade Jesus pede ao Pai? Como a Igreja de Deus entendeu durante a história esta unidade? Certamente não é a unidade com o erro,com a dissidência, a heresia, Jesus roga ao Pia primeiramente para seus apóstolos, encarregado-os de anunciar a palavra dele e de fazer todos se tornarem seus discípulos. A não escandalizar por divisões internas as pessoas a que se destinava o anuncio da palavra dele. Os apóstolos e os sucessores destes devem ser um pelo amor a Cristo e à verdade. O que um bispo diz em uma diocese não pode ser desmentindo por outro a não ser que o outro bispo esteja ensinando uma doutrina diferente do que sempre foi ensinado. Foi assim que Igreja agiu com os antigos hereges. Se esta unidade implicassem mero respeito humano e na acentuação de uma crença comum, encobrindo as divergências fundamentais, o cristianismo não teria superado paganismo e ainda hoje haveria dentro da mesma Igreja cristãos Arianos, que não reconheciam Cristo como Deus Filho eterno, e dizima que este era criatura do Pai e com muitos outros hereges. A Unidade que Jesus quer é entre aqueles que crêem nele pelo anuncio dos apóstolos e não com outros pregadores, pois o mesmo Jesus alertou que nos últimos dias haveriam falsos profetas que enganariam a muitos.(Lc 21,8) Devem ser uma coisa só os que crerem em Jesus, em virtude da fé nele e não motivados por amor humano, para evitar atrito e partidos, porque também o próprio Jesus afirmou que o seu nome seria casa de divisão dentro das próprias familias. A unidade de fé e de amor entre os que crêem no que anunciaram os apóstolos. Este é o objetivo da oração de Jesus. Unidade que deve haver na unica Igreja de Cristo. Igreja Católica espalhada por todo mundo, que professa a mesma fé, administra os mesmos sacramentos e possuem a sucessão apostólica. Não, união com dissidentes, para celebrações comuns, congressos e participação em ritos litúrgicos que não expressam a unidade da fé e forçam a silenciar outros pontos fundamentais da doutrina católica. Orar pela unidade é pedir que na Igreja Católica todos os bispos sucessores dos apóstolos estejam em acordo em questão de doutrina e moral. Pois os que deixaram a Igreja não eram doso nossos, como bem diz São João em sua carta, se fossem dos nossos teriam permanecido conosco.1Jo 1, 19. Sem criar intolerância, no devido respeito por sua condição humana e com a necessária distancia evitando discussões inúteis,mas sem misturas indevidas, como se o simples fato de ser cristão, tornasse todos os que se dizem seguidores de Cristo uma só coisa. Este deve ser o nosso proceder com os dissidentes cristãos que se separam da unidade da Igreja. Fazer oração em favor destes para que se convertam e creiam em Cristo anunciado por seus apóstolos desde o dia de Pentecostes e por seus sucessores até o dia hoje.

2 comentários:

  1. Feliz Dia de Ação de Graças! É amanhã, isto é, a quarta quinta-feira de novembro.

    ResponderExcluir
  2. http://poesiaretro.blogspot.com/2010/11/happy-thanksgivings-day.html

    ResponderExcluir