domingo, 18 de março de 2012

AÇÃO DE GRAÇAS


 

Glória a Vós, Ó Cristo!
 Glória a Vós pela a Igreja.
Veio Ário e vossa Igreja não foi destruída.
Veio Nestório e Vossa Igreja não foi destruída.
Veio todos os hereges dos tempos antigos e vossa Igreja triunfou destes.
Veio Hussitas e Cátaros e Vossa Igreja não foi destruída.
Veio os anabatistas e vossa Igreja não foi destruída.
Veio Lutero, Calvino e Henrique VIII e vossa Igreja não destruída.
Apesar de Alexandre VI e de todos os papas pecadores e escandalosos e vossa Igreja não foi destruída.
Apesar de monarcas e governantes poderosos, violentos, falsos cristãos, que serviram-se  da fé para perseguir, enganar e  oprimir, vossa Igreja não foi destruída.
Apesar de bispos gananciosos e hereges, vossa Igreja não destruída.
Apesar de padres cantores e play-boys vossa Igreja não foi destruída; dos  impuros e devassos, pedófilos, vossa Igreja não foi destruída.
Apesar dos sincretismos, dos ecumenismos, das contradições entre padres e bispos; entre os bispos e  papas,
Vossa Igreja não foi destruída.
Apesar de falta de unidade entre os bispos, vossa Igreja não foi destruída.
Apesar de Bofes, Comblins e  marxistas disfarçados de cristãos; capitalistas disfarçados de católicos, 
Vossa Igreja não foi destruída.
Apesar dos falsos apóstolos, que se disfarçam em servos de Cristo, vossa Igreja não foi destruída.
E muito mais, apesar  de mim, grande pecador, filho da Igreja, com muitos defeitos, vossa Igreja permanece. Porque a vossa Igreja é muito mais do que Eu, do que papas, bispos, do que padres e ideologias, do que heresias. Vossa Igreja sois vós que dissestes: Confiai! Eu Venci o mundo! Vossa Igreja sois vós Senhor, vivo e ressuscitado, porque a Igreja e vós Senhor Jesus, sois uma coisa só, assim como a árvore e os seus galhos. E assim como triunfastes sobre todos os pecados, sobre todas as heresias, sobre todos os falsos profetas, sobre toda soberba; Sempre triunfará a vossa esposa  imaculada e pura , A Santa Igreja, Católica, Una, Apostólica.
Glória a vós Cristo! Toda Glória a vós!

Nenhum comentário:

Postar um comentário