quarta-feira, 30 de abril de 2014

A Religião do Bem Estar




 http://images01.olx.pt/ui/26/87/43/Fotos-de-Revistas-Religiosas_441388443_1.jpg


        Religião para o homem moderno não significa mais  exercícios das virtudes e a renuncia aos vícios como pregava a Igreja nos tempos da Cristandade. Procura-se a Religião para sentir-se bem, libertar-se dos problemas, curar as emoções; não é para tornar-se melhor mesmo a custa da renuncia pessoas. Não mais uma ascese que consiste em escalar uma escada íngreme a fim de tornar-se um novo ser humano, mas é para ter uma vida agradável. Percebe-se isto nas publicações religiosas atuais. Libertar-se de seus problemas, alcance graça com Nossa senhora Aparecida, Livre-se das dividas com Santa Edwiges e outras temas iguais.
         Por este motivo a vertente cristã que mais cresce no cristianismo é o neopentecostalismo com suas promessas de curas e libertação e prosperidade. E as terapias alternativas e o esoterismo. Tudo se resume na busca de um céu aqui mesmo na Terra e depois. A Religião não serve maios para nos tornar seres humanos melhores mas tornar nossa vida melhor. Por isto a recusa de que há o pecado, de que é melhor renunciar ao mal do que arriscar perde-se para sempre. Para transformar a natureza humana imperfeita a religião não precisa ser moralista. Basta ser realista e reconhecer que somos imperfeitos. Recorrer a misericórdia de Deus para suportar as adversidades desta vida e pedir o seu consolo em meio aos nossos sofrimentos neste mundo das quais ele mesmo afirmou, que todos sempre teríamos.
         Durante a maior parte de sua historia a Igreja Católica anunciou uma doutrina ética, pregou a disciplina o controle  dos sentidos e a penitencia. A mudança de vida. Sempre compreendeu que estamos em uma Vale de lágrimas mesmo que hoje com os benéficos das tecnologias este vale parece um jardim de prazeres, mas a busca sem freios por bem estar, mostra que no interior, os homens continuam sofrendo, na esperança de um  paraíso perdido. Jesus nos prometeu seguir adiante carregando a sua cruz e nos mandou carregar a nossa. E são Paulo mesmo disse que é preciso passar por muitas tribulações para entrar no reino de Deus. Renuncie qualquer doutrina que prometa um paraíso aqui mesmo e depois. Mas creia no Deus que nos consola e fortalece  mesmo em meio as nossas dificuldades.

Nenhum comentário:

Postar um comentário