segunda-feira, 29 de novembro de 2010

CONHECENDO A VIDA DE SANTA JOANA D´ARC

"Preferia ter sido arrastada por quatro cavalos a ter vindo para a França sem a ordem de Deus." (Do Processo de condenação de Santa Joana d´Arc)
Só Deus poderia fazer da simples pastora e camponesa uma guerreira, voltada à luta em favor da França. Em Joana a fé em Deus e a disposição para obedece-lo vem primeiro do que o patriotismo. É por amor a Deus que se volta para o amor à Pátria. Se Deus a houvesse mandado lutar em favor dos ingleses, mesmo sendo francesa, ela o teria feito com todo o entusiasmo. Como ela mesma disse em outra ocasião, os santos amam o que Deus ama. E por amor a Deus fazem o que Deus manda. A partir da fé em Deus, da disposição em servi-lo em primeiro lugar é que nasce a amor à nação. Embora Santa Joana d´Arc seja conhecida mais como heróina nacional da França, foi por sua santidade (Santidade no sentido de está voltado para Deus, de entregar-se à sua vontade e não no sentido de perfeição moral absoluta) que ela se dispôs a ser guerreira. Viu o chamado de Deus em favor do seu povo a partir da fé. Deus não ama a injustiça, a iniqüidade. Ela sempre desde a infância desejava muito que o rei tivesse o Reino da França de volta. Só Deus poderia concede-lo de forma que nenhum outro rei poderia retomo-lo, porque o Rei do Céu é o Senhor das nações da Terra Ap 15,3) e Ele dispõe delas conforme a sua vontade. Pois como ela afirmou perante o príncipe herdeiro do trono da França,o reino não pertencia a Ele, mas ao seu Senhor,(Deus) mas Deus o queria fazer rei. Então é a vontade de Deus que prevalece sobre a amor à pátria. Joana torna sagrado o patriotismo. Na mesma medida em que luta contra os ingleses, reconhece que eles tem um Reino e devem voltar para sua própria terra; isto ela disse muitas vezes perante os juízes. "Quando aos ingleses a vontade de Deus é que eles voltam para o seu próprio país, A Inglaterra. (Do Processo de Condenação)Quando nos dispomos a servir primeiramente a Deus temos de Deus a graça para o fazer de forma correta. Mesmo na guerra, onde a vinculo da paz é quebrado e muitas vezes o ódio domina a ação, pode se manifestar o amor a justiça e a própria luta em prol da paz, que não se fundamenta a não ser na verdade e na extinção do mal. Este exemplo nos deu a Santa Donzela Joana por sua vida, toda voltada a cumprir a vontade de Deus, seu único e verdadeiro Rei.

3 comentários:

  1. Amigo Professor, parabéns pelas ótimas postagens!
    Teu blog acaba de receber esta indicação:
    http://confrariadesaojoaobatista.blogspot.com/2010/11/o-selo-premio-sunshine-award-chegou.html , como reconhecimento de teu ótimo trabalho!

    ResponderExcluir
  2. Deo Gratias! Muito grato pela indicação e apelo por suas orações por mim e pelo MARC.

    ResponderExcluir