sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

SÓ DEUS É O ETERNO . SÓ DEUS POSSUI A ETERNIDADE.

Chegamos ao fim de um ciclo. Este, o ultimo dia do ano é o fim de um ciclo que irá renovar-se a partir do dia 1° de Janeiro de 2011. Teremos os mesmos meses com o sol percorrendo as 12 constelações do Zodíaco. As mesmas datas, o mesmo ciclo litúrgico da Igreja Católica já iniciado com o primeiro domingo do Advento. Vamos iniciar o ciclo do calendário civil cristão que é diferente das culturas orientais não cristãs. Mesmo na Terra, sujeitos a perceber o tempo como uma sucessão de dias e noites o contamos de forma diferente. Para os judeus já passamos do ano 5000 e para os muçulmanos ainda estamos ao final dos anos 1300 mais ou menos. Nosso calendário civil tem um marco. O Nascimento do Senhor da História Jesus Cristo. Esta reflexão sobre o tempo a qual estamos sujeitos como criaturas me leva a um questionamento toda vez que leio um padre ou teólogo católico e até mesmo um simples leigo afirmar quando morre uma pessoa: Ele foi para a Eternidade. No livro O Que é a Alma? de Pierre Dumolin, Ed. Ave Maria, 2009 p. 56 o autor expressa-se desta forma: "Aliás para os ressuscitados, que ingressam na felicidade eterna, o tempo desaparece." Ora, Só Deus está fora do tempo. Só Deus é eterno porque ele é imutável, nunca teve principio e nem terá fim. Se entramos na eternidade e saiamos do tempo então nos tornamos Deus. Esta crença nos aproxima muito das crenças orientais e exotéricas que crêem que nos tornaremos um só com Deus ou com o universo. As criaturas estarão sempre vinculados ao tempo e a uma sucessão de mudanças. Sejam cometas, estrelas e seres humanos ressuscitados, estarão no tempo e progredirão os eleitos de glória em Glória, como bem nos diz o Apóstolo São Paulo.2Cor.3,18 Fazem uma confusão entre imortalidade e eternidade. A imortalidade é própria dos eleitos, do salvos porque jamais irão desaparecer. E os justos brilharam para sempre no Reino de seu Pai nos fala o Evangelista no Apocalipse. Em nenhum escrito da Bíblia eu li que Jesus refere que os mortos entrarão na eternidade. Diz sempre, os que forem dignos da vida Eterna ou da Ressurreição.Lc 20,35s e Jo 17,2. O tempo não é só sucessão de dias, meses, anos e séculos. Na lua, nos outros planetas , no universo, não há dias, nem noites e nem anos,mas ninguém diz que estes corpos celestes estão fora do tempo. Eles não estão no nosso tempo. Na forma de tempo como o medimos e o percebemos. Mas eles estão no Tempo. A luz que uma estrela emite percorre o tempo. E ao chegar em um ponto onde pode ser vista, a estrela que a emitiu poderá não existir mais. No entanto ela desapareceu no tempo e sua luz chegou em outro tempo. Apenas Deus é o Eterno e a própria eternidade. Deus criou o tempo mas não está sujeito a ele. As coisas criadas estão presentes eternamente em Deus e se manifestam por Deus no tempo, que ele criou para manifestá-las. Perante Deus há apenas o Presente. Esse momento. Tudo está em sua presença agora: passado, hoje e futuro. Um criatura jamais poderá ter esta visão absoluta porque ela não é Deus e nem vai se misturar com Deus. O tempo para os que saíram do mundo é diferente do nosso. A percepção é diferente. A extensão ou duração é diferente. Mas não deixa de ser tempo. E os ressuscitados crescem em amor e conhecimento no tempo. Por isso a Teologia antiga criou um termo apropriado para se referir ao mortos quer salvos ou condenados. A eviternidade, abandonada infelizmente hoje nos documentos do magistério da Igreja e nos livros atuais sobre escatologia.. Fala-se apenas em eternidade. Quando entrarmos na eternidade e outras afirmações semelhantes. Mas não entramos na eternidade. Ganhamos a imortalidade, a vida eterna. Uma duração sem fim é o que significa eviternidade. Porem, é uma vida sempre nova. Sempre em mudança, em atividade. Os ressuscitados não ficam estagnados perante Deus cantando sempre o mesmo hino de louvor. Deus os faz perceber num tempo sem limite, suas eternas perfeições. Então, aproveitemos este nosso tempo e renovemos nossos corações perseverando na fé em Cristo,para que ao sairmos do tempo que vivemos agora, entremos no tempo que Deus criou para nós no Céu, dando a ele glória por Cristo, Rei dos séculos, com a Bendita e sempre Virgem Maria e com os anjos e todos os santos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário