quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

CATECISMO DA IMACULADA CONCEIÇÃO DA VIRGEM MARIA








1. O QUE SIGNIFICA A IMACULADA CONCEIÇÃO DE MARIA?

Significa que no primeiro instante em que foi concebida, no ventre materno, a Virgem Maria, mãe de Jesus, não herdou o pecado original, com o qual nasce todos os seres humanos.

2. O QUE É O PECADO ORIGINAL?

É a separação da graça de Deus, perdida pelos primeiros pais da humanidade, que a perderam para si mesmo e para todos os outros que viessem depois deles. Em outras palavras, o Pecado original, indica que por nossa própria obras éramos incapazes de nos salvar e que estávamos todos condenados à morte eterna.

3. DEUS NOS ABANDONOU À MALDIÇÃO ETERNA?

Não! Deus enviou o seu unico filho como verdadeiro homem, nascido apenas de uma mulher, para que por sua obediência perfeita a Deus, nos recuperasse a graça perdida por meio da fé nele. Por isto afirmamos que Jesus Cristo,  filho de Deus feito homem,  é o nosso Salvador.

4. MARIA FOI CONCEBIDA SEM PECADO PARA QUE JESUS NASCESSE SEM PECADO?

De forma alguma. Jesus nasceria puro, santo e imaculado, mesmo que a mãe dele tivesse a mancha do pecado original, porque ele foi concebido não por um homem , mas pelo Espírito Santo, que é a própria santidade de Deus e nada pode fazer de impuro ou pecaminoso.

5. POR QUE MARIA FOI CONCEBIDA SEM  PECADO?

Porque sendo verdadeira mãe do próprio Filho de Deus, tem para com ele um vínculo que nenhuma outra criatura no mundo tem ou terá. Dela foi formado o corpo de Jesus, mas ela não é mãe  apenas do corpo, mas de quem dela nasceu, isto é da pessoa que se formou nela. E esta pessoa é o próprio filho unico de Deus, que é também  seu filho, do modo que seria ofensivo e indigno para Jesus ser chamado de  Filho da pecadora ou o Filho da filha de Satanás, porque se apenas por instante, Maria houvesse estado sob o poder do pecado, ela estaria sob o  poder do demônio e seria com todos os outros, a Filha da maldição de Deus, de modo que o próprio Deus, não teria  nenhuma  união com ela, mesmo que fosse uma relação moral, porque Deus não tem comunhão com quem está em pecado. Lembremos que São  João disse que ele mesmo não era digno de abaixando-se desatar as sandálias de Cristo. Teria Deus permitido que a mãe de seu unico filho não fosse uma mãe indigna dele? A grandeza e santidade do Filho exigia uma mãe digna dele, assim como Deus exigiu que a Arca da aliança, que fora feita para guardar os 10 mandamentos, fosse de madeira incorruptível e todo a revestida do outro puro. E isto para guardar tábuas de pedras, mas que eram valiosas por ser os mandamentos da Lei de Deus. Jesus também declarou que entre ele e o príncipe deste mundo nada havia  em comum e São Paulo questiona: O que há entre Cristo e o diabo? Se Jesus houvesse nascido de uma mulher fora da graça divina, teria estabelecido indiretamente uma relação moral e estreita com o próprio diabo porque este poderia dizer com razão: "Nunca tive a ti sob  o meu poder, mas tive sob o meu poder a tua  verdadeira mãe." E de Jesus se poderia afirmar que era o fruto de uma mulher maldita. Quando o Evangelho de Lucas afirma o contrario: "Bendita és tu entre todas as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre." Ou seja, dentre todas as mulheres da Terra, És  a única  perfeitamente bendita.


6. SE MARIA É IMACULADA E NÃO NASCEU COM PECADO ORIGINAL ENTÃO JESUS NÃO MORREU TAMBÉM POR ELA?

Tal como todos os seres humanos Maria foi salva unicamente pela fé e pela Graça vinda por meio de Cristo o unico salvador de todos. Como um ser humano normal,  gerado por um homem e uma mulher numa relação sexual comum, Maria deveria ter herdado o pecado original de seus pais. Mas não o herdou, embora tenha recebido o débito do pecado, ou seja, ela precisava de um outro puro por si mesmo, santo por sua própria natureza, para receber deste a graça. E este foi Jesus, que dela deveria nascer. Então a graça recebida de Maria não veio de seus merecimentos pessoais, mas unicamente de Cristo e pela fé que ela haveria de ter na redenção realizada por Cristo. A Igreja nunca firmou que Maria não precisava de um Redentor. Jesus é salvador dela tanto como o é de cada um de nós. Na bula em que define como dogma, a  imaculada conceição de Maria o papa Pio IX afirma que  no primeiro instante de sua conceição, por singular graça e privilégio de Deus onipotente, em vista dos méritos de Jesus Cristo, Salvador do gênero humano, foi preservada imune de toda mancha de pecado original...

7. ESTA DOUTRINA FOI CRIADA PELO PAPA?

Nunca. Muito antes de 1854, quando foi declarada  dogma,quase  todo o povo católico confessava que a Virgem Maria fora concebida em graça e sem a mancha do pecado original, devido aos merecimentos da redenção de Nosso Senhor Jesus Cristo. Para encerrar de uma vez por todas as discussões em  torno desta doutrina, o Papa Pio IX declarou como dogma de fé, que a doutrina que afirma ter sido a Virgem Maria concebida sem o pecado original, foi revelada por Deus e por isto deve ser acreditada por todos os católicos, sob pena, de se a negarem, não estarem  mais em comunhão com a Igreja. Foi apenas isto que aconteceu no dia 08 de dezembro de 1854, data em que já se festejava a Imaculada Concepção de Maria.

8. ESTÁ ESTA DOUTRINA AFIRMADA NA BÍBLIA?

Não o está de forma clara. Assim como também não está a doutrina da imortalidade da alma, da trindade das pessoas em um só Deus. Aliás a própria palavra Trindade, não parece nenhuma vez na Bíblia. Mas está implícita ou seja se deduz de outras afirmações sendo a mais importante destas, a saudação do Anjo a Maria. O Anjo  Gabriel se refere a ela como a Cheia de Graça.(Lucas 1,28) No grego, esta expressão não indica que Maria recebeu uma graça ou que ficou cheia de Graça naquele momento. O significado é muito mais amplo. Literalmente o Anjo disse: Alegra-te,  ó tu, que fostes, és e continuas a ser repleta da Graça de Deus. Esta saudação muda o nome de Maria. Indica uma característica EXCLUSIVA DELA porque em nenhuma outra parte da Bíblia,  foi usada estas  palavras para outra pessoa. Nem mesmo para Santo Estevão em Atos 6,8  porque embora neste trecho se traduza Cheio de Graça, a palavra no original em grego é diferente da que foi usada para Maria. Só a Mãe  de Jesus é a indicada como a Cheia  de Graça. Ora, onde está presente a Graça de Deus não pode estar o pecado. Logo, Sendo Maria a que sempre teve a Graça, a conclusão contrária é esta: Aquela  que nunca esteve sob  o poder do pecado.

9. QUAL A IMPORTÂNCIA DA IMACULADA CONCEIÇÃO PARA O BRASIL?

O Brasil desde o tempo em que pertencia a Portugal teve uma grande devoção a Imaculada Conceição de Maria. lembremos que esta doutrina ainda não havia se tornado um dogma. Alguns católicos não aceitavam. Mas Portugal foi um dos  grandes defensores da Imaculada Conceição. Este país consagrou a si mesmo e todas as suas terras à Nossa Senhora da Conceição em 1646 e neste caso o Brasil, foi consagrado a Imaculada Conceição, antes de ser independente. Cascavel  tem como padroeira Nossa Senhora da Conceição desde de 1833. Ora, nesta época, ainda não era dogma ou obrigatória, a crença de que Maria havia sido concebida sem pecado. O que mostra como o povo brasileiro defendia e acreditava nesta prerrogativa da Virgem Maria.

10. QUAL A IMAGEM MAIS FAMOSA E VENERADA DA IMACULADA CONCEIÇÃO NO BRASIL?

Uma pequena imagem sem cor ou enegrecida, tantos as roupas como a pele, encontrada nas aguas do Rio Paraíba, no Estado de São Paulo no ano de 1717, por três pescadores. Estes guardaram  e a veneraram como um sinal de que a Virgem Maria os amava e os protegia. E muito mais ainda. Porque era um imagem de Nossa Senhora da Conecição, que eles conheciam e por quem tinham devoção. Como a imagem era um símbolo da Imaculada Conceição, durante todo o período do Império e nos primeiros anos da República a festa da padroeira do Brasil era no dia 08 de  dezembro. Só na região sudeste, ou seja, em aparecida, cidade que recebeu o nome da imagem aparecida, como a chamavam, era celebrada o encontro da imagem em datas diferentes. Em 1980 foi estendida a todo o Brasil e passou a ser lembrado este achado valioso, para nós brasileiros,  no dia 12 de outubro de cada ano. 

 11. QUAL A MENSAGEM DA IMACULADA CONCEIÇÃO DE MARIA PARA OS CATOLICOS?

A mensagem da imagem Aparecida de Nossa Senhora da Conceição é que existe o pecado. Este é mais do que uma desobediência a lei de Deus. E A separação total de Deus. De modo que uma pessoa que está em pecado mortal está morta para Deus e nada do que ela faça tem merecimento. A outra mensagem é que há a Graça de Deus, e esta nos foi merecida unicamente por Nosso Senhor Jesus Cristo. Sem que nós fizéssemos nada para recebe-la. Pela fé em Jesus somos libertados do pecado e ficamos no estado de Graça. Maria nunca esteve fora da Graça de Deus. Mas tal qual ela  também nós, no dia de nosso batismo, ficamos cheios da Graça de Deus e também imaculados. Só que ao cometermos o primeiro pecado mortal, perdemos de novo esta graça. Nós a recuperamos pelo arrependimento sincero e no sacramento da confissão. Para perseverar na Graça santificante, nossa boas obras feitas em estado de Graça são valiosas  perante Deus. Por isto também cremos com a Bíblia, que o julgamento será de  acordo com nossas boas obras.Quem fez o mal terá a separação de Deus e quem fez o bem a vida Eterna Com Deus a Virgem  Maria e os Santos nossos irmãos na fé. Outra mensagem importante da imaculada Conceição é que uma pessoa é ser humano a partir de sua concepção no útero materno. Assim Maria recebeu a Graça no instante de sua concepção no ventre de sua mãe Ana, e Jesus já tinha o nome de Jesus desde o momento em que foi concebido. Grande prova de que a Igreja considera que um novo ser humano começa a existir a partir de sua Conceição e não do dia de seu nascimento. Só isto basta para não se fazer ou permitir o aborto. 

12. COMO IDENTIFICAR UMA IMAGEM QUE SIMBOLIZA A IMACULADA CONCEIÇÃO DE MARIA?

Toda imagem em que está representada uma mulher de mãos postas ou sem o menino Jesus nos braços e tem nos pés a luz nova e cabeças de anjos, ou está pisando a cabeça de uma serpente, é uma imagem de Nossa Senhora da Conceição, ou em outras palavras, da Senhora que foi concebida sem pecado desde o instante de sua conceição no ventre de sua mãe. Geralmente quando a serpente está sob os pés da Virgem não aparecem os anjos e a lua. Numa imagem mais tradicional, a Virgem Maria está com os braços cruzados sob os seios e olha para céu. É bom, saber que nesta título Maria não tem Jesus nos braços porque o traz dentro de si. Ela trouxe ao mundo aquele que esmagou a cabeça da serpente, Jesus,  a semente da mulher,a  eterna inimiga da serpente. A Virgem Maria triunfou do pecado pelo Filho.A imaculada Conceição representa A virgem Maria logo depois do anuncio do Anjo Gabriel. Representa a virgem grávida de Jesus, embora ainda não se veja o seu ventre crescido. Grávida de alguns instante, porque Jesus já fora concebido em seu ventre. Por isto ela não está com Jesus em seus braços.


Nenhum comentário:

Postar um comentário