quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

COLUNAS DA VIDA CATÓLICA

A Vida católica tem sua sustentação em duas colunas. Estas diretamente realacionadas com nossa condição de redimidos e pecadores. Estas duas colunas são a Santíssima Eucaristia ou o sacramento do corpo e sangue de Nosso Senhor Jesus Cristo e o sacramento da penitencia ou confissão. O primeiro, a Eucaristia é necessário para nós porque nos une ao Redentor de nossas vidas. Indica que pelo corpo e sangue de Cristo oferecidos no altar da cruz fomos retirados do império das trevas e levados para o Reino do Pai. Que Nosso Senhor Jesus Cristo sofreu paixão em morte para nos redimir das penas do inferno, (conforme afirmou Santa joana d´Arc) 
ao qual estávamos condenados pelo pecado, mesmo que fizéssemos as maiores e mais perfeitas obras, pois nenhuma teria valor perante Deus, já que manchadas de amor próprio e soberba ambição. E a nossa natureza também  ferida pela tendencia de querer o mal e rejeitar o bem. Este sacramento torna evidente a realidade de nossa justificação sem as obras da lei, puramente pela graça e pele fé. Mas mesmo redimidos, podemos cair e cometer pecados. Precisamos readquiri a graça que nos foi dada graciosamente por Jesus Cristo. Para isto temos o segundo Sacramento, que é a Confissão. Esta consiste não apenas em proferir a acusação dos pecados perante o ministro autorizado por Cristo, no caso o padre, mas também em reconhece-se pecador publicamente ao dirigir-se ao confessionário. Crer que Cristo confiou a homens pecadores, o poder de em seu nome, perdoar os pecados e manifestar profundo arrependimento por termos matado a vida de Deus em nós. Eis em resumo  essencial da vivencia católica. Praticas comuns e fundamentais em qualquer movimento, Congregação, Ordem religiosa e necessária ao fiel leigo, que está no mundo. Comunhão frequente e confissão frequente. Mesmo que  infelizmente hoje, seja muito difícil sermos atendidos no sacramento da penitencia. Mas não percarmos a oportunidade de lavarmos nossa consciência sempre que preciso, como muito bem afirmou Santa Joana d´Arc, que se confessava inumeras vezes. E de receber na Santa missa o sustento para não cairmos no pecado, O Corpo  e o Sangue de Cristo que mantem a vida em nós, segundo suas próprias palavras. Destes dois sacramentos depende nossa crescimento na pratica católica e nossa fidelidade a Santa Igreja.

Um comentário:

  1. Belo artigo, hoje infelizmente os dois sacramentos são banalizados, a santa Missa é celebrada de qualquer forma, a confissão auricular, trocada pela confissão comunitária, que, como bem afirma o direito canônico, deve ser usada somente quando realmente necessário e q os penitentes procurem,quando possível o sacerdote e confessem os pecados graves. O episcopado da Igreja deveria ter mais cuidado e exigir mais de seu clero a esse respeito.

    ResponderExcluir