domingo, 27 de maio de 2012

O ESPÍRITO SANTO: DOM E DOADOR

Nas sagradas Escrituraras do Novo Testamento o Espírito Santo tanto é apresentado por Jesus e os Apóstolos como Dom de Deus para cada pessoa (cf.cf. Lc 11,13; Jo 14,26; 20,22;Rm 5,5) como o próprio Deus que se fonte de todos os dons e doador (Mt 28,19;At 28,25;15,28;13,2; ) Concluindo o Espírito Santo é Dom de Deus mas também é Deus. "Disse então Pedro: Ananias, por que encheu Satanás o teu coração, para que mentisses ao Espírito Santo e retivesses parte do preço do terreno?Enquanto o possuías, não era teu? e vendido, não estava o preço em teu poder? Como, pois, formaste este desígnio em teu coração?   Não mentiste aos homens, mas a Deus." Atos 5, 3-4
Pelo Espírito Santo se pode realizar milagres, falar línguas desconhecidas exercer a caridade e os mais variados carismas e mistérios  (1Cor 12,3-11) O Espírito Santo age na Igreja em todos os dias do ano e o ano inteiro. A festa de Pentecostes recorda apenas o inicio da manifestação do Espírito Santo. O inicio da Igreja. Até podemos dizer o começo do reino do Espírito, porque doravante é por meio do Espírito santo que Jesus está conosco. E no Espírito Santo que podemos testificar que Jesus é o Senhor, o Cristo e o nosso salvador. em nosso batismo recebemos o Espírito Santo que nos santifica. Na Crisma ao confirmar nossa fé recebemos o Espírito Santo, seus dons e frutos. Somos por natureza uma igreja do Espírito Santo. embora não se tenha muita visibilidade do mesmo na Igreja. A ação do Espírito Santo é mais interna. É no inteiros das almas que age. Nada mais evidente da ação do Espírito Santo na Igreja do que o testemunho dos mártires e a vida dos santos. Apenas pelo Espírito Santo doa qual estes receberam a fé eles deram a vida por Cristo e doar-se por amor a Cristo aos outros. Foi o Espírito Santo quem os gerou novamente segundo a imagem de Jesus Cristo. Foi pelo Espírito Santo que converteram pagãos e hereges. Que realizaram milagres. Foi pelo Espírito Santo que os santos padres da Igreja receberam a revelação da verdadeira doutrina, manifestaram os erros dos hereges e lutaram quase contra todos como o fez Santo Atanásio contra o Arianismo, que fazia do Verbo a primeira criatura de Deus. Cremos na Igreja porque isto nos´e concedido pelos Espírito Santo. Por isto no credo dizemos primeiro: "CREIO NO ESPÍRITO SANTO" e depois "Creio na Santa Igreja Católica." É preciso estar ciente da ação de Deus como Espírito em nossa vida e do dom do Espírito a nós, que Deus Pai nos deu no Filho. 
O Espírito  Santo Dom e doador. Santo e santidade. Poder e Onipotente. Que nos conduz sempre mais a fazer a vontade do Pai assim como conduziu Jesus Cristo segundo a natureza humana. Pois o mesmo Jesus estava era Cheio do Espírito Santo. 
A divindade do Espírito Santo é claro porque ele vem de Deus. Sabe o que é Deus e realiza o que só Deus poderia realizar. Concluindo com São Basílio, que indica o Espírito Santo como o Senhor ao citar a carta aos Tessalonicenses  de São Paulo peçamos "Que o Senhor conduza os vossos corações para o amor de Deus e a constância de Cristo nas tribulações." 2Ts 3,5)

Nenhum comentário:

Postar um comentário