terça-feira, 28 de agosto de 2012

A FÉ

Porque creio DEVO OBEDECER; mas nem sempre obedeço apesar de CRER.

A Fé o dom de Deus, que nos faz aceitar pelo intelecto uma verdade que nos foi revelado, e a obediência é uma adesão de nossa vontade livre a uma ação solicitada.

Não dois tipos de fé. Uma fé verdadeira e autentica que por si mesma produza boas obras e leve a obediência e uma fé falsa que não é verdadeira porque não produz boas obras. Como dom de Deus a fé é uma só e igual para todos. "Há uma só fé..." diz o apóstolo são Paulo. A nossa vontade é que responde de forma diversa perante a fé. Uns obedecem e outros não embora acreditam ambos na mesma verdade ou doutrina.

Jesus nos mostra na parábola dos dois filhos o que a real diferença entre saber e obedecer. Um homem tinha dois filhos. Ambos sabiam ser verdadeiros filhos dele. Ambos estavam cientes que o pai tinha autoridade sobre eles. Só que um era dissimulado e queria apenas agradar o pai com palavras. Disse que ia trabalhar na vinha do pai e não foi. O outro era sincero e falava o que realmente sentia no coração. disse que não ia trabalhar na vinha, mas depois arrependido foi.  O primeiro ficou apenas no nível do intelecto mas não submeteu sua vontade a vontade do pai. O segundo, embora inicialmente dizendo não depois submeteu sua vontade à vontade do Pai. Ambos sabiam ser filhos ambos tinham conhecimento da autoridade do pai sobre eles. Mateus 21, 28-30  Da mesma forma acontece com a fé. Esta é a adesão de nosso intelecto a uma verdade revelada e aceita. Mas a obediência é adesão de nossa vontade a uma realidade também conhecida e aceita. São Tiago define bem a fé como conhecimento e certeza de uma verdade. " Crês que haja um só Deus? Os demônios também e tremem."  Tg 2,19 São Tiago não diz que a fé sem as obras seja falsa ou não exista, mas que esta, sem obras é morta em si mesma, estéril, improdutiva, mas existe porem  sem agir pela caridade. Porque mesmo crendo ainda continuamos livres para aderir com nossa vontade aos mandamento de de Deus. A fé então exige, indica aponta, para a prática das boas obras, mas não as produz necessariamente. Esta  pode ficar sufocado por outros interesses e desta forma improdutiva. Por isto, Jesus diz no Evangelho que seremos julgados segundo as nossos obras e não segundo a nossa fé. Mt 16,27 Porque a fé todos podem ter, mas as obras só terão os que obedecem a Deus por amor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário