terça-feira, 2 de outubro de 2012

OS SANTOS ANJOS



DOZE COISAS, A SABER, SOBRE ANJOS "
POR PETER KREEFT.


    
Doze coisas mais importantes para saber sobre eles.
    1. Eles realmente existem. Não apenas em nossas mentes, ou os nossos mitos, ou os nossos símbolos, ou a nossa cultura. Eles são tão reais quanto o seu cão, ou a sua irmã ou a eletricidade.
    2. Elas estão presentes, aqui, agora, ao seu lado, lendo estas palavras com você.

    
3. Eles não são bonitinhos, bochechudos, delicados ou "coquetes"e  afeminados. Eles são temíveis e formidáveis. Eles são extraordinários. Eles são guerreiros.

    
4. Eles são os verdadeiros "extraterrestres", os verdadeiros "super-homens", os alienígenas reais. Seus poderesestão muito além de todas as criaturas ficionais.

    
5. Eles têm a mente mais brilhante do que Einstein.
    6. Eles podem, literalmente, mover os céus e a terra, se Deus lhes permite.

    
7. Há também os anjos maus, anjos caídos, demônios ou diabos. Estes também não são mitos. Possessões demoníacas, e exorcismos, são reais.
    8. Anjos estão cientes de tudo, mesmo que você geralmente não possa ver ou ouvir. Mas você pode se comunicar com eles. Você pode falar com eles, mesmo sem falar.
    9. Você realmente tem o seu próprio "anjo da guarda". Todo mundo tem.

    10. Anjos muitas vezes vêm disfarçadas. "Não negligencie a hospitalidade, pois alguns hospedaram anjos sem saberem"
    11. Estamos de certa forma, protegidos em um grande campo de batalha entre anjos e demônios, que se estende pela a eternidade.
    12. Os anjos são as sentinelas  no cruzamento onde a vida encontra a morte. Eles trabalham especialmente em momentos de crise, à beira de um desastre para os corpos, almas, e para as nações.
    Por que as pessoas acham que é estúpido para acreditar em anjos?

    
Uma razão é um erro sobre si mesmo: a falha em distinguir entre (1) a percepção dos sentidos ou da imaginação (que é um tipo de sensação inferior) e (2) a razão, ou inteligência, ou compreensão. Nós não vemos espíritos  e não podemos imaginá-los. Isso não significa que nós não podemos conhecer-los ou compreende-los. Podemos ver e imaginar a diferença entre uma figura de cinco lados (um pentágono) e uma figura de seis lados (um hexágono), e também podemos entender intelectualmente a diferença destas. Nós não podemos ver qualidades como o bem eo mal também. Qual é a cor ou a forma ou o tamanho do mal? No entanto, podemos entendê-los. Podemos imaginar o nosso cérebro, mas não as  nossas mentes, nossas personalidades.      Muitos dos que negam anjos negam ou não sabem do ser  espiritual de si mesmos. Os anjos são uma pedra de toque do "conhece a ti mesmo". Assim, são animais.
    Não são anjos irrelevantes hoje? Esta é a idade do homem, não é?
    Sim, esta é a idade do homem, da autoconsciência, da psicologia. E, portanto, é crucial  "conhecer a si mesmo"  hoje. As heresias de nossos dias não são sobre Deus, mas sobre o homem.     O homem é o único ser que é tanto anjo e animal, tanto espírito e corpo. Ele é o menor espírito;  é anjo porque é  mais inteligente do que o animal, o ponto mais baixo da hierarquia das mentes e o ponto alto da hierarquia dos corpos. Mais precisamente dizendo, o homem não é tanto o anjo ou  animal, pois ele não é nem anjo nem animal, ele está entre os anjos e animais, um ser único na escada cósmica. O homem deve saber sobre os anjos para conhecer a si mesmo, assim como ele deve conhecer os animais para se conhecer, pois ele deve saber o que ele é, e ele deve saber o que ele não é.

Nenhum comentário:

Postar um comentário