terça-feira, 16 de junho de 2015

O Campo do Senhor



         Diante da crise em que está a Santa Igreja e da falta de conhecimento de muitos católicos sobre o que realmente acreditam ,fica difícil saber como permanecer fiel a Santa Igreja. Fazer apostolado para trazer católicos afastados fica mais difícil ainda. E como convencer os protestantes fervorosos de Cristo quis apenas uma Igreja visível,sinal de unidade entre os cristãos, quando na própria Igreja há tantos negando seus dogmas e traindo sua unidade? Realmente agora entendo a completo sentido da frase. "Católico Graças a Deus." Realmente é uma graça ser e permanecer católico em nossa época. Onde há tantos abusos litúrgicos, tantos padres com pensamentos contraditórios entre si e tanta indiferença por parte dos ditos católicos. Ser católico passou a ser no Brasil sinônimo de quem não é crente independente de ser fiel à doutrina, tem quem tem uma vida sacramental e de oração. Mas diante desta situação o que me conforta é a parábola de Jesus em que Ele afirma que no Campo do Senhor foi semeado o joio, não por ele ou descuido dele,mas pelo seu inimigo e de noite.(Mt 13,24-30) E que este joio embora esteja no campo de Deus não faz parte deste campo, mas deve crescer até dia da colheita afim de que o que não parece trigo possa ser arrancado com segurança. De modo que todo campo que se apresente como livre do joio, como puro e integro em que seus membros que se afirmam já trigo maduro não é o campo do Senhor, mas já pertencem a Satanás desde sempre. E isto nos dá força para continuarmos sendo Católicos pela graça de Deus apesar do joio no Campo do Senhor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário