terça-feira, 6 de setembro de 2016

O Significado da santa Missa


A missa não celebra o domingo de páscoa, mas a sexta feira santa. Jesus mesmo celebrou a ultima ceia com os apóstolos e institui a Eucaristia para perpetuar a sua morte em favor dos homens. Aos dizer com o pão em suas mãos e depois o cálice com vinho, isto é o meu corpo, isto é o meu sangue, estava indicado a sua morte e não a sua ressurreição. E São Paulo apóstolo também diz: todas as vezes que comerdes deste pão e beberdes deste vinho celebrais a morte do senhor ate que ele venha.



 Já que na missa tornarmos presente o sacrifico de Jesus por nós e não a sua ressurreição não justifica fazer da Santa missa uma festa com palmas, danças, e aplausos. Só os que não criam em Jesus é que o insultavam com palavras ásperas e os soldados jogavam se divertindo perante sua morte. No entanto, Maria, João e as santas mulheres contemplavam de longe com profunda dor a morte de Jesus. Devemos na missa ter os sentimentos de dor pelos nossos pecados e a esperança do ladrão arrependido que creu em Jesus como o Rei mesmo o vendo como condenado e pediu a Jesus a graça de estar com ele em sue reino. Assim também devemos fazer cada um de nós, apesar de nossos pecados. Na missa reconhecemos que fomos salvos do estado de pecado não por nossas boas obras, mas pela morte redentora de Cristo e confiar-se a ele. Por isto nada de palmas, cantos com ritmos de samba e baião. A missa é contemplação e compaixão na morte de Jesus por nós e também esperança de que como Cristo morreu e ressuscitou, nós por Cristo  também ressuscitaremos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário