sábado, 4 de dezembro de 2010

TODOS ERAM MERECEDORES DA CONDENAÇÃO ETERNA

Nenhum de nós, nenhuma criatura humana mereceu o Céu. Unicamente por Cristo, por sua vida de obediência plena à vontade do Pai até a morte e morte da cruz, nos tirou do Pecado e nos livrou da condenação eterna no inferno. O Cristianismo é a unica religião que confessa um Deus que se sacrifica por suas criaturas. Que se torna passível de morte ao encarnar uma natureza humana perfeita. Até mesmo a unica criatura plenamente humana concebida livre do pecado, teve a graça pelos merecimentos de Cristo. A Virgem Cheia da Graça, era a única mulher disponível para torna-se a mãe do Filho de Deus, do santo e imaculado, separado do pecadores, o que entrou no mundo sem a dívida do pecado. Maria como criatura pertencente à humanidade tinha o débito do pecado e para pagar esta dívida o Filho de Deus também morreu por ela tanto quando por nós. Entre todas as criaturas salvas do pecado Maria é que tem maior gratidão a Deus. Ele a encheu de Graça para ela fosse digna geradora da humanidade do Verbo. De modo que Deus preparou para si mesmo uma casa a fim de que estando no mundo pudesse por sua carne libertar os que viviam no mundo sob o peso do pecado. Tendo sido salvos da condenação merecida que caiu sobre todos nós é necessário que sigamos o que Jesus nos ensinou. Que renunciemos ao mal e façamos o bem. O céu foi aberto para nós pelos merecimentos de Cristo. Porém, entraremos nele pela perseverança na fé, pois cada um receberá de acordo com suas obras. O Apóstolo Paulo em palavras claras nos mostra como se deu a nossa justificação e, carta aos Efésios capítulo 2, 1-11 sem mérito algum de nossa parte e ao mesmo tempo afirma o dever que temos, uma vez salvos do pecado de praticar as obras para ter acesso ao céu."Com efeito, nós somos obras suas, pois fomos criados em Cristo Jesus em vista das BOAS OBRAS que Deus preparou para que nós praticássemos." Ef, 2,10

Nenhum comentário:

Postar um comentário