quarta-feira, 23 de março de 2011

CATOLICO,SIMPLISMENTE CATÓLICO

O catolicismo por ser uma religião de massa e de eventos, deixa muitos isolados na pratica dos seus deveres religiosos. A vida de um católico, se resume a ir a missa  em certas ocasiões e para uns poucos ainda, se confessar uma vez por ano. Isto cria a necessidade de grupos para que os católicos praticantes possam  ter apoio mútuo e oportunizar estudos. Esta é a justificativa para os inúmeros movimentos e grupos existentes na Igreja. De tal forma que muitos católicos só enxergam a Igreja sob  a ótica destes movimentos. São antes católicos da RCC, dos legionários de Cristo, da tradição católica, Arautos do Evangelho e de inúmeros outros movimentos e grupos, e só posteriormente são católicos.  O ideal seria que o católico,  a minha fé católica, me fizesse exercer alguma forma de apostolado ou  buscar um grupo para rezar e estudar juntos. Ser católico fiel e praticante é professar tudo o que sempre foi ensinado pela Igreja ,através do Magistério (Papa, Bispos e Concílios) em matéria de doutrina, moral e ética; participar dos sacramentos, principalmente da Sagrada Eucaristia do corpo e Sangue de Cristo e da Penitencia, e manifestar por palavras e atitudes a sua pertença ao catolicismo, evitando tudo o que a Igreja manda evitar e assumido tudo o que ela manda obedecer. Como, porem, só amamos o que conhecemos e entendemos, se torna fundamental a perseverança através de um contínuo aprendizado e do apoio de outros irmãos. Uma catequese permanente para católicos já crismados, a fim de estudar e rezar juntos, seria o ideal para fortalecer os católicos em sua fé e ações. queria Deus provindenciar esta formação para que os católicos sejam acima de tudo, simplesmente católicos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário