quarta-feira, 10 de agosto de 2011

AMEMOS A IGREJA APESAR DAS PESSOAS DA IGREJA.

Em uma de suas resposta aos padres que a julgavam Santa Joana d´Arc disse: "O pessoal da Igreja não é a Igreja." resposta aparentemente petulante e presunçosa. 


No entanto indica uma misteriosa verdade. Se entendermos por pessoa da Igreja apenas os padres e bispos isoladamente, estes, embora membros da Igreja, não são a Igreja. Da mesma forma que só uma cabeça do corpo humano, que é a parte mais necessária a todo corpo, não é este corpo. O corpo pode sobreviver sem um braço e outro membro, porem nunca sem a cabeça. Mas a cabeça por si não forma um corpo. A Igreja é o corpo de Cristo e na Igreja ele é a cabeça; embora não faça parte dela como membro, já que a Igreja é a Assembléia dos que foram redimidos pela fé em Cristo e ele não foi redimido e sim o Redentor. Mas por sua união à natureza humana ele é de certo forma, membro da Igreja como seu Rei e Senhor absoluto e governante do corpo. Sem ele não poderá haver Igreja. Mas também não haverá sem os redimidos, sem os que crêem em seu nome. Neste sentido um só membro da Igreja não representa toda a Igreja e os atos de um filho da Igreja não são atos da Igreja, mesmo que este sejam de  um papa. Santa Joana d´Arc pode continuar amando a Igreja e querendo os sacramentos dados pelos padres que eram seus inimigos e algozes, porque sabia que a Igreja era bem mais do aquele grupo de padres que a julgavam se dizendo representar a Igreja. 


Que nestes tempos de crise e confusão doutrinal, de péssimo testemunho de pastores católicos, também amemos a Igreja vendo-a acima daqueles que dela fazem parte e rezemos com Santa Joana d´Arc, por eles, para que não ponham por suas obras, muitas ovelhas a perder.

Nenhum comentário:

Postar um comentário