sábado, 22 de outubro de 2011

O ESSENCIAL DO CATOLICISMO

Ser Católico consiste primeiramente em crer que Cristo deixou só uma Igreja Visível, com unidade de governo e de doutrina, desde os tempos dos apóstolos atá os dias de hoje e confessar como confessou Santa Joana d´Arc, que esta Igreja não pode errar ou enganar-se e que tem o dever de punir aos que não obedecem à sua doutrina e aos seus preceitos. Eis o essencial do Catolicismo. Sem crer que a Igreja, mesmo formada por homens pecadores, embora que sejam pastores e  autoridades da Igreja, mesmo que seja um papa, não pode errar em questões de doutrina, culto e moral porque é assistida pelo Espírito Santo, confiado aos apóstolos e que conduz a Igreja nos caminhos da história conforme seus eternos e sábios desígnios. Sem esta firme fé, estaremos sempre em dúvida quanto ao que ensina e ordena à Igreja. Crendo firmemente que a Igreja de Cristo é Católica, Una Santa, apostólica, estaremos seguros que tudo o que por ela foi ensinada, explicado e determinado  provem de Deus e não de mero homens.
Antes de sermos franciscanos, beneditinos, carmelitas ou da Renovação Carismática, nunca esqueçamos que ser Católico é o primeiro e único fundamento que nos permanecemos firmes na Igreja e não estarmos na Igreja apenas por pertencemos ao movimento ou grupo de tal espiritualidade, porque quando este grupo acabar ou não tivermos interesse nele,ou nos decepcionarmos com um mau exemplo de um de seus membros, podemos voltar a praticar e viver como as pessoas do mundo. Conhecer a doutrina da Igreja e viver conforme ela ordena, mesmo que vários de seus pastores não o vivam, é o essencial e fundamental do catolicismo.
Que o exemplo de Santa Joana d´Arc, a única dentre todos os santos, que foi acusada e condenada como herege, porem nunca deixou de  crer e defender o que a Igreja ensinava, nos ajude a perseverar na Santa Igreja verdadeira. A Igreja Católica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário