quarta-feira, 6 de junho de 2012

A EUCARISTIA E O SACRÁRIO: ARCA DA ALIANÇA DO NOVO TESTAMENTO.


 http://2.bp.blogspot.com/-Izmt78k_fHI/T39teaKCC9I/AAAAAAAAAEs/A81eR_y5OMA/s1600/sacrario.jpg

Os hebreus por ordem de Deus construíram a arca da aliança. Esta não era uma imagem do próprio Deus. Mas era sagrada. Indicava a ação de deus e sua presença na história de Israel. Fora feita por homens com materiais da terra. Era um OBJETO SAGRADO. Um objeto de culto ao Deus de Israel. A Arca era uma espécie de templo material de Deus de forma indireta. Era nela que Deus se manifestava.
            Nós temos a nova e definitiva Arca da Aliança. O Corpo ressuscitado de Nosso Senhor Jesus Cristo. Ele, que em sua natureza humana, abrigava a própria Divindade. E fez de cada um de nós, templos de Deus. Dentre estes o primeiro templo vivo de Deus por Cristo, foi a Bendita e bem-aventurada Virgem Maria. A primeira a acreditar nas coisas que lhe fora anunciada por Deus. Mas também temos a Arca da Aliança material. Que contem não o maná descido do céu que  durava só um dia. Nem as tábuas da antiga Aliança, feitas de pedra e nem a vara de Aarão. Mas o próprio Cristo  vivo e ressuscitado pelo mistério de sua presença real sob as aparências de Pão e Vinho. Eis o tesouro da nossa fé Católica. Nem outra dita "igreja" cristã crer que Jesus  em pessoa está conosco, até o fim dos tempos, como ele mesmo disse. De certa forma materialmente presente. Não em forma humana, mas na forma de sinal de nossa Redenção. Seu corpo morto por nós. Seu sangue derramado por nós. Sua presença muito além do que vê nossos olhos, do que sente nosso paladar, acima da realidade de nossos sentidos. E infelizmente, muitos dentro da Igreja  querem diminuir ou desconsiderar este tesouro. Abominam o culto ao Santíssimo Corpo e Sangue de Jesus. Afirmam como  os protestante de forma geral, que o pão é apenas pão e o vinho, apenas vinho. Que tudo e simbólico. Símbolo tem bastante na Igreja. Sempre tivemos.
            Mas Jesus nos deu mais que um símbolo. Deu-nos o sinal visível de nossa Redenção. Ao transformar o pão em seu corpo se fez verdadeira comida. Ao transformar o vinho em seu sangue, se fez verdadeira bebida. E nos fez templos de Deus. Templo vivos de Deus. Porque ao recebermos corpo e o sangue de Cristo, entramos em comunhão com o Senhor. Não temos um pão que deixa de ser pão, só de faz de conta e nem um vinho que passa a ser sangue só de faz de conta. Não! Temos como Jesus disse com autoridade. Com um pão em suas mãos "ISTO É O MEU CORPO" e "ISTO É O MEU SANGUE." Adoremos a Jesus no mistério mais próximo de  nós e mais visível de todos. É ao mesmo tempo o mais transcendente de todos, após a Trindade e a Encarnação do Verbo. Cremos que Jesus criou um meio de ficar conosco e de ser adorado por nós. Temos mais do que os judeus tiveram. Eles tiveram apenas templos materiais. Nós temos o próprio Senhor do Templo. Cristo Jesus vivo. Ressuscitado. Eis o tão sublime SINAL SACRAMENTO DO CORPO E SANGUE DE NOSSO SENHOR E SALVADOR JESUS CRISTO.

Nenhum comentário:

Postar um comentário