sábado, 16 de novembro de 2013

Maria, a mãe dos filhos de José?



    http://4.bp.blogspot.com/-I7pBnQ2uPtY/TiWBmwBMVAI/AAAAAAAAKpA/H_tOQkfyrxU/s1600/Mt-12%252C49.jpg
        Porque tanta insistência  dos “evangélicos “em afirmar como  dogma, que Maria teve outros filhos além de Jesus? Se toda a tradição cristã no inicio da Igreja entendeu estes irmãos como parentes de Jesus apesar do termo irmãos? Querem apenas transformar Maria na mãe de numerosos filhos e numa simples esposa de José e não na Mãe do Filho de Deus, na mãe do Senhor. Na verdade desejam diminui-la mesmo. Se isto fosse de menos importância não insistiam tanto neste assunto apesar das inúmeras explicações da Igreja. E a própria Igreja não fica toda pregação dizendo que Maria teve um só Filho. Pois para a Igreja importa é que Maria é a mãe de Jesus e só a Mãe de Jesus. Não interessa se teve ou outros filhos e por certo acreditamos que não teve nenhum outro porque para Maria, Jesus valeria milhares de vezes mais,  do que sete ou oito filhos.
        Observe que depois do nascimento de Jesus Mateus nunca chama Maria de Mulher de José, mas diz sempre. "Toma o menino e a mãe dele” (Mt. 2,13.14.20-21) e nunca a  toma tua esposa e o seu filho. Maria pertence unicamente a Jesus e só Jesus tem uma mãe sempre Virgem. Mas vocês querem que Jesus seja só o primeiro de uma filharada. E ainda coloca em risco a reputação de Jesus e a sua descendência de Davi, pois não sendo Filho de José, como os outros, já que as mulheres não transmitiam a descendência Jesus não seria herdeiro do trono de Davi. Seria Tiago o filho mais velho  de José de fato e Maria teria sido acusada de adultério, porque vocês acham que iriam os judeus,  acreditar que ela só concebeu Jesus do Espírito Santo e os outros filhos  concebeu  de José?
        Crer que Maria teve outros filhos é o primeiro passo para crer que este é filho de José tanto quanto os outros como faz o protestantismo liberal e alguns teólogos católicos, pois para estes as narrativas da concepção virginal de Cristo são meramente simbólicas. E ainda afirmam  que amam e respeitam Maria mas só se referem a ela para criticar o culto  católico que prestamos a ela proclamando-a bendita por todas as gerações e mãe de Cristo e dos que amam Cristo..

Francisco Silva de Castro

Um comentário: