quarta-feira, 21 de maio de 2014

Jesus Cristo é fundamental



http://2.bp.blogspot.com/_sitODDjQOEI/S7XL4Snx6XI/AAAAAAAACAg/2HThU-6Tluk/s1600/Jesus-heaven.jpg



         O mundo moderno almeja paz, fraternidade entre os povos e se escandaliza com o fundamento do Cristianismo.. Não admite que possa haver uma religião revelada pelo próprio Deus. Dessa aspiração legitima, de certa forma, por paz entre os povos e por ausência de qualquer perseguição ou imposição religiosa, deduzem que nenhuma religião pode se atrever a se apresentar como a única verdadeira e que nenhum grande fundador das religiões deve estar acima a dos outros. Devem ser todos nivelados como luzes para a humanidade.
         Porem, querer em nome de Cristo, colocar a confraternidade humana, acima da pessoa e obra de Cristo, como o estão fazendo muitos lideres religioso, principalmente padres e bispos católicos, e deixar Jesus de lado é trabalhar em vão. O próprio Jesus foi categórico ao afirmar que sem ele nada podemos fazer e o mesmo é o único que pode nos dar a verdadeira e definitiva paz. Se cremos que ele é o único filho de Deus feito homem, a dedução lógica é de que nem Buda, nem Maomé, nem qualquer outro líder religioso é superior a Ele. Querer construir uma sociedade fraterna e inter-religiosa, deixando Jesus em segundo plano é dispersar como ele mesmo afirmou é dispersar Por isto é que percebemos que quanto mais se fala em paz, em concórdia entre religiões, mas aumenta as violências, e os problemas entre elas. E os líderes da uma mesma religião não consegue a unidade nem entre eles mesmos, muito menos com as outras.
         O Próprio Jesus foi sincero em afirmar que Ele seria fator de divisão entre os povos por causa de seu nome. Entre os que acreditassem nele e os que não acreditassem. E que até mesmo a paz entre as famílias seria abalada por causa dele. Jesus jamais aceitaria que para manter  a paz dentre uma família um de seus membros renunciasse a fé nele. Por isto muitos mártires, como Santa Perpétua, não ouviram as suplicas de seus pais para renunciar a Cristo. O Cristianismo tem seu fundamento na Pessoa e na obra de Jesus e por causa de sua autoridade anuncia o amor entre os povos, porque crer que é esta é a sua vontade e a vontade um Deus e não de um homem.  Doutrinas humanas de fraternidade e paz entre as nações, não frutificam se não tem seu fundamento em Cristo. A paz de Cristo só poderá acontecer no reino de Cristo, no qual o Senhor Jesus é o Rei de todos os povos da Terra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário